Inventando Moda
— 22 de outubro de 2013 — ALERTA, Desabafo, SAÚDE

ALERTA!!!!!!!!

 

NEM SEMPRE O MUNDO DA MODA É FEITO APENAS DE GLAMOUR!!!!!!! AS VEZES GAROTAS CHEGAM A FAZER COISAS BIZARRAS PARA PARECEREM MAIS MAGRAS …”

Esse trecho de um texto me chamou atenção durante minha leitura pelos diversos sites que visito na internet. E levantou uma reflexão: até que ponto as pessoas chegam para ficarem mais magras???

Bom,  hoje li uma matéria no site da Marie Claire contando sobre um – dos MILHÕES de casos – de uma modelo que quase morreu por causa da anorexia, doença desenvolvida por muitas meninas graças a essa pressão que fazem em torno do corpo perfeito!

georgina3

Georgina Wilkin!!!! Essa garota, na época com 16 anos, levou tão a sério as palavras de um agente cobrando a perda de medidas, que passou os sete anos seguintes lutando contra a anorexia, ao ponto de ficar tão magra que seu coração e seus rins quase pararam. Seus lábios e dedos eram azuis porque ela estava tão magra que seu coração estava lutando para bombear o sangue em volta do corpo. O maquiador tinha que corrigir isso com corretivo. Ela perdeu a chance de fazer campanhas de joias porque nem os anéis mais finos ficavam em seus dedos.

georgina-wilkin-7-pic-1024x699

Pesando 53 quilos, com altura de 1,78m (e mesmo assim, pressionada para emagrecer mais a cada semana), ela foi para o casting em Tóquio, mas ao chegar lá não acreditou no que viu: era uma das modelos mais gordas do teste e foi obrigada a ir para um apartamento com outras modelos (russas, que não falavam seu idioma) para se “cuidar” e viver à base de bebidas com energético e cafeína. Um dia não aguentou mais e desmaiou, foi internada e diagnosticada com anorexia de risco: seu coração estava prestes a parar e seus rins, de funcionar. Ela poderia morrer a qualquer momento.

Georgina-Wilkin-1_thumb3

À base de remédios anti-depressivos e anti-ansiedade, Georgina decidiu sair das passarelas e hoje, os 23 anos e estudando para ser designer de interiores, ela se sente pronta para alertar outras garotas!

Cada dia mais, nas redes sociais, um dos assuntos mais explorados é a cultuação ao corpo perfeito. Juro, já torço o nariz sem nunca ter experimentado para o tal suco verde de tão banalizado que o assunto ficou. É detox para cá, dieta louca para lá … ai que preguiça!!!!!! Tá chato, tá piegas!!!!! Já dei unfollow em várias pessoas por abodarem somente esse tipo de assunto. Acho que antes de venderem magreza, deveriam vender saúde!!!! O corpo perfeito para mim pode não ser para você. E aí????

Nunca fui gorda, mas se bobear engordo sim. Tento cuidar do que como, faço algumas restrições alimentares e ponto! Detesto passar fome, essa é a verdade. Quero sim me olhar no espelho e estar feliz com o reflexo da minha imagem, mas sem extremismos. Sem o extremismo que acompanho por aí! Garotas magras querendo ficar cada vez mais magras.  E não venham com o papo de saúde porque não acho saudável chegar em uma festa, por exemplo,  pedir água para preparar seu shake proteico e ficar nisso, enquanto todos os outros convidados apreciam os petiscos e drinks. Para mim isso não é saúde … é DOENÇA!

Desculpem o desabafo, mas acho importante levantar essa bandeira e fazer esse alerta!!! Vamos ser felizes gente sem dar tanta importância ao que a pessoa ao lado poderá pensar sobre você e seu corpo. Chega dessa nóia!!!!

felicidade1

Conforme dizia o personagem Paulo Cintura do extinto programa Escolinha do Professor Raimundo: “Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa!!! Issaaaaaaa!!!!”.

Bjs bjs bjsssss.

Contador de Visitas Gratis
por Camilla Marins



Deixe um comentário!






Inventando Moda
por Camilla Marins
Arquivo do blog